Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

02.05.21

Raízes de mim

Ser mãe


Maresia

Como se fosse flor regada,

A chuva de afeto e raios de sol,

Meu corpo se agigantou,

Acompanhou o coração.

No ventre carregava tesouros,

Que palpitavam dentro de mim,

Uma tão doce emoção,

Tão mágico era o pulsar,

De vos sentir crescer assim.

Maternidade encantada,

Na espera de vos conhecer.

Da voz brotavam canções,

Da caneta histórias de amor.

Nos olhos brilhava a gratidão.

Do peito rojava leite e afeição,

Ao primeiro olhar, a adoração.

E já no meu colo (que saudades),

Contei-vos segredos cantados,

Bordei-os a sonhos e ternuras,

Com beijos de amor eterno

E olhares embevecidos.

20210501_161251.jpg

 

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.