Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

04.07.20

Promessa ao Sol


Maresia

Se floriram os meus dias,
Os meus olhos,
Os meus sorrisos.
Se dissiparam as nuvens.
O Sol brilhou para mim.
Senti-o no rosto, na pele.
Com piscadelas de luz,
Sussuros no vento.
Contou-me o segredo.
Nem nas noites mais cerradas,
As flores perdem a sua cor
E é em dias de temporal,
Que as suas folhas mais dançam.
Que fosse flor.
No meu escuro,
Minha própria luz.
Na dor,
Meu próprio embalo.
E que ele, o Sol,
Voltará sempre.
Mesmo que os dias cinzentos,
Insistam e persistam.
Ele volta, sempre.
Prometeu-me!
Prometi-lhe, também.

20200704_202933.jpg

 

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.