Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

12.03.18

Poema da chuva


Maresia

Há dias de aperto no peito, de lágrima fácil,
Dias cinzentos, de nuvens pesadas.
Dias em que as portas de fuga se fecham,
De claustrofobia e correntes.

Poemas de chuva,
Canções de sombras,
Assobios de vento.
De olhos fechados,
Respiro fundo…

Há dias de vento, de calafrios,
Dias demorados, que nos colam ao chão.
Dias em que não quero ouvir ninguém,
De sossego e quebranto.

Poemas de chuva,
Canções de sombras,
Assobios de vento.
De olhos fechados,
Respiro fundo…

349fb5661d8b849355b12db689bac376.jpg

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.