Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

18.01.21

Na dança do vento


Maresia

Sentada no tear da vida,
Teci meu pano, fiado com sorrisos.
De algodão branco de paz.
Debruei-o com fios de ouro,
De sonhos azuis céu.
Bordei meu nome a verde esperança,
Meu coração vermelho sangue.

Lenço de amor, guardado ao peito,
Enxuga minhas lágrimas,
Dançando, esvoaça-as ao vento,
E leva com elas os beijos,
Que guardei em mim,
Perdidos no tempo.

20210118_233527.jpg

 

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.