Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

08.03.21

Muito mulher

Dia Internacional da Mulher


Maresia

Sou mulher, muito mulher.
Mulher feita, quebrada, refeita.
Nascida, crescida, vivida, sabida.
Sou mulher, muito mulher.
Mulher filha, mulher mãe, mulher.
Amor crescente no peito,
Amor crescente no ventre,
Amor que explode das minhas mãos
E te ofereço, te embala e te abraça.
Sou o regaço que recebe a semente,
Sou o ninho que te acolhe no meu peito,
Sou gigante, quando te enlaço e protejo.
Sou as asas do teu voo, quando te deixo.
Sou mulher, muito mulher.
Mulher dos mil ofícios, afoita.
Meu beijo repousa em teu rosto,
Na brancura do leito,
Na doçura do bolo,
No aroma do campo,
Na frescura da água,
Na luz que rompe na aurora
E te espreita no quarto
E te dá o alento, a coragem.
Sou mulher, muito mulher.
Sou a agulha e a espada.
Sou o vestido e a malha.
Sou a trança e a rédea.
Sou a cama e o navio.
Sou o açúcar e a pólvora.
Sou a fada e a fera.
Sou tanto...que mais eu quisera.
Sou mulher, muito mulher.

20210308_000939.jpg

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.