Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

12.08.19

Greve a que tanto obrigas... a quem?


Maresia

Greve a que tanto obrigas a tua Entidade Patronal? Ah! Não! A que tanto obrigas o povo, os portugueses.
Bem, e as gasolineiras, à semelhança de abril, têm um encaixe financeiro generoso...
E ordenados à parte, porque tantos são os portugueses com ordenados precários, salários mínimos e sem ajudas de custo à parte... Quantas horas extra não fazemos todos??? Quantos de nós não fazemos e fizemos horários rotativos e fins de semana sem receber por isenção de horário de trabalho???
E agora, se militares e forças de segurança se recusassem a ser chamados para mais trabalho extra???
E os recibos verdes??? E os milhares sem emprego certo, sem contrato efetivo, sem saber se para a semana terão sustento???
Desculpem! Todos temos direito a contestar, reenvidicar direitos, mas arranjemos forma de prejudicar a quem é devido...não aqueles que correm risco de não ir trabalhar por não terem dinheiro para atestar depósitos, não aqueles com reformas miseráveis que poderão ver-se sem bens essenciais porque não têm como deslocar-se e atestar despensas...
Greve sem fim à vista??? Daqui a 2 semanas, com um arrombo no ordenado, com os vossos filhos e avós sem pão e leite, repensem a vossa forma de protesto, sentem-se e cheguem a um acordo civilizado e justo para todos, vós e nós, os outros trabalhadores portugueses.

 

stop.jpg

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.