Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

01.08.21

Desenlace


Maresia

Vim aqui despedir-me.
Desenlaçar os fios que unimos,
Como mãos entrelaçadas no escuro.
Ternamente, para não despertar a saudade,
E esta não clamar pela ilusão de mais uma dança,
Solto os meus dedos, meu corpo, meu eu.
E que sintas no teu doce peito
Este adeus que em pranto sussurro,
Derramando os beijos que tinha guardados. 

219d7f0d672b60f14d91b9ee9b44ea15.jpg

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.