Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

12.12.19

Da minha gaiola


Maresia

Sentada à minha janela,
De olhos postos lá fora,
Perco-me no verdejar,
Ouvindo tanto piar.
Vendo as danças de esvoaçar,
Estou certa que eu é que vim morar
Para a bela casa destes cantares.

E eu, nesta gaiola,
Vejo o Senhor Melro saltitar,
No relvado a manobrar,
As ervas a debicar.
Voos rasantes até ao ninho,
Para ir dar o beijinho
A quem no bico espera amor.

blackbird-4124250__480.jpg

 

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.