Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

24.05.21

Amanhã


Maresia

Na calmaria da paisagem,
Tomado o vento por companhia,
O mar por confidente,
Escuto os sussurros suspeitos.
O amanhã levantará uma ventania,
Meus segredos cantados quebrarão
Ondulados, revoltos, chapados
Nas rochas indomáveis e frias.
Mas amanhã, levada esta calma
Debaixo do peito, adormecida nos poros,
Estarei longe num quebranto sossego.
Amanhã, quando a tempestade gritar
Por mim, vazia de mim,
Eu, já não estarei aqui.

66eccb2716d05e08faf3176e5cbf6d16.jpg

Pintura, Monika Luniak

Partilhar comentário:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.