Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

Palavras de Areia ®

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã. Poemas meus e desabafos de amor e de vida.

28.09.20

Parabéns!

Declaração de amor 💙

Maresia
Há 16 anos, realizei um sonho, o de ser mãe, de um príncipe. E assim foi... sou imensamente grata pelo ser humano fantástico que és e pela sorte que tenho de te ter na minha vida. És lindo, divertido, inteligente e o teu coração de ouro! És o meu filho, o primeiro, o meu amigo gigante e eu amo-te muito!!!! Há 16 anos... Já te sentia, no corpo e no coração. No coração apertado e agitado. Agitado com a tua chegada. Chegada desejada, de te ter no colo. No colo onde te prendi (...)
27.09.20

Quem sou eu

Poema de Francisco Vaz

Maresia
Nasci, Fui criança! Cresci, Sou adulto Cheio de esperança. Sou mistura... Mistura variada! Sou qualquer coisa, Qualquer coisa parecida Com um pouco de nada. Sou matéria... Pertenço à Natureza! Sou ilusão vivendo na incerteza, Se vim do Nada, Sou nada com certeza! Francisco Vaz  Neste domingo de sol e ventoso de esperança, partilho convosco um poema de um Amigo, Francisco Vaz, "Quem sou eu", a quem peço, desde já, desculpa pela ousadia, mas a quem agradeço desta forma as (...)
24.09.20

Como é difícil dizer adeus…

Maresia
Como é difícil dizer adeus, quando gritamos no nosso silêncio que queremos ficar. Como é difícil aceitar que, neste mar, navegarás sozinho ou não sairás do lugar, como numa espera interminável que não te levará a lado nenhum. É preciso coragem e determinação para encetar viagens, descobertas, sonhos… Ah! Como é preciso, para que haja vida em nós e sangue a correr nas veias, levantar e passar das palavras aos atos! Mas há sempre um espírito guerreiro em nós, como quem (...)
21.09.20

Fim.

Maresia
Estou de saída... Virando a página, Esmiuçando as últimas linhas do capítulo... É o fim. Fecho o livro. Aperto-o contra o peito, Despeço-me desta história... Arrumo-a com o cuidado que merece. Por uns tempos, ainda baterá em mim, Depois...os tempos irão varrê-la... E guardá-la-ei na prateleira Saudade.  
18.09.20

...

Maresia
Mar, céu e infinito sentir. Quadro de beleza efémera. Os vazios, inunda de alma, Cansaços e percalços, voam. E nos faz crer que amanhã, Só para estes instantes, Só para reencontrar este mundo, Vale a pena voltar.  
16.09.20

Heróis de máscara

Regresso às aulas

Maresia
Este ano, o regresso à escola e o passar dos portões terá de ser de entusiasmo contido e os abraços terão de ser substituídos por entradas ordeiras, filas indianas e esperas cronometradas, para prevenir que o vírus encontre portas de fuga e impeça que o novo ano letivo leve a melhor. Mas também este ano, temos heróis mascarados que darão o seu melhor para o salvar e impedir que as suas mochilas de livros, cumplicidades, amizades e aprendizagens regressem a casa e ao confinamento. (...)
15.09.20

...

Maresia
A natureza tem altares divinos... Neles me encanta e eleva aos céus, Só neles respiro a imensidão de mundo. E quando a noite chega para me receber E nela me deixo cair, em liberdade, De braços abertos, em queda livre, Desejo um voo infinito...imenso... Que me leve...  
10.09.20

...

Maresia
Quando me iluminaste, Ao nascer do dia, No horizonte, na aurora, Despontaram em mim os sonhos Que escondera no escuro, adormecida... E foi de rara beleza, O nosso reencontro... De almas. Agora, que findam as horas, Ao despedir do dia, O sol e o horizonte, Brindam com encanto e espanto O lusco fusco da partida... E é uma tela inesquecível, O nosso adeus... De corações.  
03.09.20

No corredor da Morte...

Há a Vida...

Maresia
No corredor da monotonia, Há portas e janelas a descobrir... Que só trancam e destrancam por dentro, de ti. Por umas, podes corajosamente fugir, Que o mundo é vasto, mas de raras oportunidades. Por outras, bem...disfruta um pouco, sorri até... Ampara a tua fraqueza no parapeito, Olha profundamente o lá fora, o distante... E fica seguro de que poderias ir... Só a Morte nos pode parar... E agora, escuta-te, olha de novo, no fundo do teu corredor. Segues em frente, passo a passo até ela... (...)
30.08.20

Parabéns!

Declaração de amor 💙

Maresia
Parabéns, amor da minha vida!💙🎉🎈🍀💙 És o meu fogo de artifício, sempre foi assim... criança de luz, festa e magia! O teu coração é sensibilidade, o teu cérebro repleto de curiosidades... nas tuas aventuras, reguilices e desafios à paciência descobres e desvendas mistérios, recrias e inventas histórias fantásticas... e agitas as águas cá por casa, como o teu herói vilão Exterminador preferido (cá para mim porque achas o low profile do Batman demasiado (...)
29.08.20

Palavras nas Estrelas

Maresia
E nestes meus passos noturnos, escuto a voz do vazio... Sou apenas mais uma, como estas estrelas no céu... Não nasci para ser sol, tão pouco lua... Sou uma imensidão. Distante de todos, que nada preenche nem ninguém...